Universidade Federal do Oeste da Bahia iniciará as aulas em Luís Eduardo Magalhães no primeiro semestre de 2014

Humberto Santa Cruz explica sobre a localização estratégica que o campus da Ufob está inserido, para um melhor desenvolvimento urbano.Foto Claudio Foleto

Na manhã desta quarta-feira,12, o prefeito de Luís Eduardo Magalhães e a secretária de Educação, Verinha Stresser, reuniram-se com o professor Valter Bastos Cunha Filho e o professor Roberto Braganttini Portella, membros da Comissão de Implantação da Universidade Federal do Oeste da Bahia (Ufob). O objetivo do encontro foi definir a área onde será o campus da Ufob no município e detalhes sobre o início das aulas, que está programado para junho de 2014.

A área do campus foi doada pelo município e abrange 550.000m². Está localizada em uma região estratégica para suportar o crescimento populacional e da própria estrutura da Universidade. O prefeito Humberto Santa Cruz, comentou, “ o crescimento da cidade é muito dinâmico, a área da Ufob está nas mediações das principais avenidas da cidade, Salvador e Kichiro Murata, que facilitará o transporte até o campus”.

De acordo com o professor Roberto Portella, membro da Comissão de Implantação da Ufob, “Luís Eduardo Magalhães receberá significativos impactos positivos, principalmente em torno da área doo campus”. Portella ainda destacou exemplos de outras Universidade no Brasil, que iniciaram da mesma maneiras que a Ufob e hoje são referência em ensino.

O campus da Universidade Federal da Bahia (Ufba) em Barreiras, dobrou o número de cursos em relação a cinco anos atrás. Essa será a tendência da Ufob em Luís Eduardo Magalhães, além de inovações com cursos para controle das demandas sociais urbanas e tecnologias em produção.

A Ufob iniciará as aulas de maneira provisória, em junho de 2014 em uma escola cedida pelo governo municipal. De começo serão 300 vagas disponíveis a cada semestre na modalidade Bacharelado Interdisciplinar (BI).

O prefeito Humberto Santa Cruz salientou que com a vinda de uma instituição de educação deste nível, a população terá a oportunidade de receber capacitação e diretamente elevará o nível técnico profissional, uma das grandes demandas municipais.

A Ufob dará ênfase inicialmente para os cursos de Engenharia da Produção, Engenharia da Computação, Engenharia Agroindustrial, Engenharia Biotecnológica e os cursos tecnólogos em Gestão do Agronegócio e Tecnologias de Controle e Automação.

Os comentários estão fechados.

| Download Free WordPress Themes | Thanks to Themes Gallery, Premium Free WordPress Themes and Free Premium WordPress Themes