Conferência Infanto-Juvenil pelo Meio Ambiente envolve comunidade escolar para preservação da água

Alunos de diversas escolas da Rede Municipal de Ensino participam nesta sexta-feira (13) da 1ª Conferência Infanto-Juvenil pelo Meio-ambiente, realizada em Luís Eduardo Magalhães. A iniciativa, é resultado de um processo pedagógico que reuniu estudantes, professores e a comunidade escolar para discutirem propostas de conservação ambiental.

Este ano, o tema escolhido foi “As Escolas da Bahia Cuidando das Águas” e os projetos apresentam soluções para o consumo racional e a preservação dos recursos hídricos, por meio também de trabalhos desenvolvidos pelos estudantes, com orientações dos professores.

Logo na abertura, a secretária municipal de Meio Ambiente e de Economia Solidária, Izabel de Paula, destacou a importância da água para a vida e atividades econômicas. Ela também falou sobre o papel fundamental da educação para a mudança da percepção de que os recursos hídricos são infinitos. “Estamos numa região, na qual a abundância de água é enorme, mas é preciso ter muito controle para que o quadro não seja revertido e a população comece a enfrentar dificuldades provocadas pela utilização incorreta”, explicou.

O secretário de Educação de Luís Eduardo Magalhães, Leandro dos Santos, ressaltou a importância das crianças e dos adolescentes para a preservação da água. Ele frisou ainda que a preocupação não deve ser apenas com a quantidade, mas também com a qualidade da água consumida.

“Parar para discutir a situação da água no nosso município nada mais é um aprendizado que levaremos para toda a nossa vida. Tenho certeza que a partir de agora nossos estudantes serão importantes agentes multiplicadores de tudo o que está sendo demonstrado aqui”, explicou o secretário.

O prefeito Oziel Oliveira destacou a importância da realização da primeira Conferência Infanto-Juvenil pelo Meio Ambiente. O gestor classificou a iniciativa como um marco inicial importante para o planejamento futuro de Luís Eduardo Magalhães. Ele ressaltou ainda que o cuidado com o meio-ambiente é prioridade na atual gestão.

“Encontramos a cidade com enormes problemas ambientais. Alguns deles diretamente relacionados com a questão da água, a exemplo do assoreamento do Rio de Pedras. Mas desde que assumimos a gestão estamos resolvendo as pendências para proporcionar uma melhor qualidade de vida para toda a nossa população”, comentou.

A Conferência Infanto-Juvenil do Meio Ambiente definirá os quatro melhores trabalhos que representarão Luís Eduardo Magalhães na Conferência Estadual, entre os dias 7 e 9 de maio, em Salvador.