DIA DE ATIVIDADES MARCARÁ AS COMEMORAÇÕES DO MÊS DA CONSCIÊNCIA NEGRA EM LUÍS EDUARDO MAGALHÃES

A Prefeitura de Luís Eduardo Magalhães, por meio da Secretaria de Trabalho e Assistência Social e o Projeto Rede do Bem, que promove ações de inclusão social e melhoria na qualidade de vida dos cidadãos mediante programas que funcionam como uma rede de proteção social, realizará a 1ª Feira de Arte e Cultura Afro-Brasileira. O evento será no próximo sábado, dia 25 de novembro, no Centro de Artes e Esportes Unificados (CEUs), no bairro Santa Cruz. Durante todo o dia, haverá atividades  como sarau, desfile da beleza negra, apresentações de capoeira, maculelê, samba de roda e danças tradicionais  do continente africano. Na programação, constam ainda cursos gratuitos de penteados afros, maquiagem, corte de cabelo, noções de culinária brasileira, bem como sessão de cinema, exposição de artes visuais e plásticas e uma palestra sobre a resistência e contribuições culturais dos negros na sociedade brasileira. As atividades irão das 8 até as 21 horas.

“Tenho certeza que faremos um grande evento e mostraremos a quem comparecer à nossa feira, a enorme contribuição que a cultura negra proporciona ao nosso país. A influência é grandiosa na religião, culinária, música e em diversos aspectos sociais”. Comentou o prefeito Oziel Oliveira.

20 de Novembro

Esta data foi estabelecida pela Lei nº 10.639, no dia 9 de janeiro de 2003, e foi escolhida por coincidir com o dia atribuído à morte de Zumbi dos Palmares, em 1695. 

O objetivo do Dia da Consciência Negra é fazer uma reflexão sobre as lutas, o preconceito racial, a marginalização e discriminação, as dificuldades encontradas no mercado de trabalho, mas trata também de temas como beleza, moda, conquistas, gastronomia, ou seja, a influência da cultura negra na formação da cultura nacional.