VIGILÂNCIA EPIDEMIOLÓGICA REALIZA TRABALHO DE CONSCIENTIZAÇÃO NO CENTRO DE LUÍS EDUARDO MAGALHÃES

Agentes de combate às endemias da Secretaria de Saúde de Luís Eduardo Magalhães realizaram hoje (7) um trabalho de conscientização sobre a importância do combate ao mosquito Aedes Aegypti, transmissor de doenças como a dengue, zika e chikungunya. O advento do período pluvial requer atenção redobrada para evitar a proliferação do inseto, que nessa época do ano, encontra muitos locais com água parada, ambientes ideais para a reprodução.

Entre as orientações transmitidas pelos agentes estão a relevância de manter os reservatórios de água fechados, evitar o acúmulo de água em lajes e telhados, manter as garrafas vazias com a boca virada para baixo, deixar os sacos de lixo fechados e longe do alcance de animais e guardar pneus em locais cobertos.

Dados da Secretaria de Saúde do município demonstram que de janeiro a outubro de 2017, 45.791 imóveis das zonas urbana e rural já foram visitados pelas equipes de combate e prevenção do Programa Nacional de Controle da Dengue. No mesmo período, foram notificados 123 casos de dengue, 16 de zika e 12 de chikungunya.

“Faremos todo esforço possível para impedir o aumento no número de notificações em Luís Eduardo Magalhães. O trabalho das nossas equipes é muito importante, mas o apoio da população é fundamental. Se cada um fizer a sua parte, venceremos essa batalha sem maiores dificuldades”, comentou o prefeito Oziel Oliveira.